CONTAGEM REGRESSIVA

7 de dez de 2009

E começaram as críticas...


Eu não sei se com todo mundo que decide ser Au Pair acontece isso, mas sei que pra criticar todo mundo serve...
É impressionante como aparece gnt de tudo quanto é canto pra nos criticar quando decidimos fazer alguma coisa diferente, como ser AU PAIR!!! Nossa, parece que é coisa de outro mundo, coisa de gnt louca que não quer nada na vida... sharaaaaammmmmm, não é ao contrário não?
Tô largando minha família, meu noivo, meus amigos, meu emprego, minha casa pra ser Au Pair pq não quero nada da vida????? Que raiva que me dá!!!!!! arrrrrrrhhh =(
As pessoas não querem saber o porque e nem como vc vai viver, elas simplismente acham uma loucura; "Vc não vai ganhar nada com isso!", "Vc é maluca, quando voltar não vai arrumar emprego melhor, perca de tempo!", "Quando vc voltar seu noivo já vai ter outra!" (essa dói né!?), "Vai fazer oq lá, só vai sofrer!"... pôôô, cansa viu... ninguém apoia, todo mundo só joga pedra!!!
No meu caso, meu noivo me apoia e mto, nós sabemos que terá riscos, mas acreditamos que superaremos, e que se é melhor pra mim, preciso tentar, ninguém vai fazer por mim não é?!
Meus pais não criticam mto... mas tbm não apoiam não... agora do resto... a palavra LOUCA é pouco!!!
Além das palavras de "insentivo" vem a falta de colaboração de todo mundo... as vezes precisamos que alguém nos ajude aqui ou ali com esse processo todo, e vamos ver... alguém se habilita? - A resposta é sempre a msm, não, bem grande, com um som bem forte de NÃOOOOO!!!
Hoje vai ter o encontro de Au Pairs no Starbucks em Campinas, vai ser às 18:30 hs e acho que vai ser mto bom pra mim, vou poder conhecer um pouco as meninas, as histórias de cada uma e trocar idéias, até pq, ninguém mais me aguenta falar de AU PAIR!!! rs - mas só em falar que a reunião é relacionada ao programa que todo mundo some... ninguém quer me levar, nem emprestar o carro pra eu ir... affff que ódiooooo!!! - bom, mas este caso foi resolvido, depois de mtas discussões... meu pai vai me levar, depois conto como foi o encontro.
Bom, acho que o melhor a fazer é seguir nosso coração... conselhos são bons claro, mas desde que sejam construtivos, desde que pensem em nós antes de criticar, desde que conheçam nossos motivos e razões... do resto, nada importa, se estivermos confiantes em nós mesmas!

-

Pedras no meu caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo!

5 comentários:

Carla Oliveira disse...

Oi...td bem?? Obrigada pelo comentário =)

Então... Namoramos a 3 anos e 4 meses... Ele fica lá até março e dps volta pro BR, eu vou em janeiro... Como vai demorar um mês mais ou menos para eu tirar o visto canadense, ele vem me visitar qnd eu chegar. Eu achei q seria sossegado, afinal quase um mês e nos veriamos de novo, mas agora eu não sei se aguento nem até semana que vem.

Eu achava que estava preparada, mas hoje vejo que não estou, ou talvez sejam só os primeiros dias, não sei.

Vc tem que continuar o processo tendo em mente que será muito difícil aguentar a saudade, não pq vai ficar com saudade de algm e ficar com outros, mas com saudade da pessoa que vc ama.

Não é fácil, mas eu espero que um dia tudo isso valerá a pena!

beijoss

Mirella disse...

Brigadaaa...rs
Times a parte entaaao...hahahaha...vou te seguir tb...seja bem vinda...
Ai menina essa parte de criticas ai é so o começo...e não tem uma au pair(ou futura)q não reclama disso...o negocio é...vc acredita nos seus objetivos sabe q vale a pena n de ouvidos a quem muitas vezes nem sabe o q ta falando...Vai em frente e o ano q vem quem sabe seremos companheiras de treinamento ou viagem...=)
Qlq coisa q precisar e só falar...bjoos

Carol disse...

Olá!
Descobri seu blog pelo blog da Carla. rs

Vc acredita que até o meu médico falou que eu não deveria vir?
Fiquei mto indignada qdo ouvi isso de uma pessoa tão instruida.

Deixa que digam, que pensem, que falem e venha realizar seu sonho.
Beijos

AnaLuiza disse...

Oi, Ari!
Que pena que tem sido assim com você. Graças a Deus eu tenho recebido muito apoio (família, namorado, amigos...), mas é claro que sempre vem aquela crítica destrutiva. Tem que manter a cabeça em pé e procurar pensar só nas coisas boas!

Beijos, boa sorte no processo!
* tb estou seguindo =)

Carolina disse...

Ah, normal! Por isso que decidi não contar pra ngm, só quem sabe é a minha família e minhas 3 amigas que são minhas referências.

Claro que o apoio das pessoas seria muito bom, mas se você não tem, fazer o quê? Bola pra frente! Corre pra realizar suas coisas e deixa quem só critica láááá atrás...

Espero que se divirta no encontro :)

Bjs.