CONTAGEM REGRESSIVA

20 de dez de 2012

1 ano se passou - RETROSPECTIVA 2012


Chega fim de ano a gente fica meio bobo, coração fica apertado e o medo de não ter terminado tudo aquilo que estava planejado começa a deixar a gente sensível demais... pois bem, ando assim, bobona demais fazendo retrospectiva do meu ano e ficando triste com algumas coisas, soltando umas lágrimas aqui outras alí, sentindo falta de alguém aqui ou alí, coração meio despedaçado por pura sensibilidade, mesmo com um saldo positivo no final, ando meio boba demais, talvez porque por muito tempo, eu pensei que a minha vida fosse se tornar uma vida de verdade, mas sempre havia um obstáculo no caminho, algo a ser ultrapassado antes de começar a viver, um trabalho não terminado, uma conta a ser paga, e aí sim a vida de verdade começaria... mas por fim, cheguei à conclusão de que esses obstáculos eram a minha vida de verdade e essa perspectiva tem me ajudado a ver que não existe um caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho!
Em 2010 minha vida mudou o rumo e a partir dali eu sabia que tudo ia ser diferente, mas não imaginava como, quando e onde...

Final de 2010 me despedi de todo mundo e fui pra “Terra do Nunca” com duas malas e uma mochila na costa, morar na casa de desconhecidos e viver o ano mais louco da minha vida... cresci muito, mentalmente e fisicamente haha, foram 12 kilos a mais nas laterais e uns 10 anos de amadurecimento, ano que deixou marcas eternas e muita saudade!
Final de 2011 reencontro todos aqueles que me despedi no aeroporto, estou voltando pra casa, outra vez! Ver todas aquelas carinhas no aeroporto me mostrou que meu objetivo tinha sido concluído com êxito e que estava na hora de começar tudo denovo, só que com uma filosofia de vida totalmente diferente, tinha chego a hora de aplicar em minha “nova velha vida” tudo o que eu havia aprendido em 12 meses sozinha no mundo.
2012 estava começando e pra ele eu tinha muitos planos, confesso que tudo mudou, minha vida virou de cabeça pra baixo, perdi pessoas importantes, algumas que jamais verei novamente, mas também ganhei outras tão importantes quanto, curti muito com as amigas, conquistei minha liberdade espiritual, comprei meu carro, consegui um emprego que me satisfaz pessoalmente e profissionalmente, fiz novos ciclos de amizade, caí e me levantei, levantei e caí novamente e foi aí aprendi algo especial, que me levantou pra não cair mais e que me ensinou uma coisa que hoje acredito piamente: “De nada adianta querer apressar as coisas, tudo vem no seu tempo, dentro do prazo que lhe foi previsto. Quando temos pressa acontecem os atropelos do destino, aquela situação que você mesmo provoca, por pura ansiedade de não aguardar o tempo certo.” 

Termino 2012 com um saldo totalmente positivo, feliz com tudo que vivi e constatando mais uma vez que sempre há o que aprender... então, aproveite todos os momentos que você tem, e aproveite-os mais se você tem alguém especial para compartilhar, especial o suficiente para passar seu tempo, e lembre-se que o tempo não espera ninguém. Portanto, pare de esperar até que você termine a faculdade, até que você volte para a faculdade, até que você perca 5 kg, até que você ganhe 5 kg, até que seus filhos tenham saído de casa, até que você se case, até que você se divorcie, até sexta à noite ou segunda de manhã, até que você tenha comprado um carro ou uma casa nova, até que seu carro ou sua casa tenham sido pagos, até o próximo verão, outono ou inverno, até que você esteja aposentado, até que a sua música toque, até que você tenha terminado seu drink, até que você esteja sóbrio de novo ou até que você morra... decida que não há hora melhor para ser feliz do que agora mesmo... FELICIDADE É UMA VIAGEM, NÃO UM DESTINO!

Vô Osmir, saudades eterna!

Família toda reunida, não existe nada melhor!

A-M-I-Z-A-D-E

Meu amor... te amo!


A amizade é tudo e nem a distância atrapalha!


Ariane Moura
20/12/2012